Rádio Clube Sabáudia

 

Prefeitura de Maringá cancela carnaval de rua após recomendação do MP-PR

A Prefeitura de Maringá, no norte do Paraná, cancelou o carnaval de rua após uma recomendação do Ministério Público do Paraná (MP-PR)...

O anúncio foi feito no fim da tarde desta quinta-feira (28). Na recomendação, o MP-PR sugere que a prefeitura deixe de realizar a festa na Avenida Reitor Rodolfo Purpur, na Zona 10, devido à proximidade com um abrigo de animais e para garantir a segurança dos participantes. “A fim de garantir a integridade e bem-estar dos animais que lá encontram-se abrigados, bem como a segurança dos participantes das festividades em questão, notadamente porque se trata de evento de grande porte (com grande aglomeração de pessoas) teve o seu local mudado há pouco tempo”, diz o documento.

Nesta quinta, representantes de Organizações Não Governamentais (ONGs) de proteção a animais chegaram a fazer um protesto na avenida, pedindo que o carnaval não fosse realizado no local. Segundo o secretário de Segurança Pública Antônio Padilha, o carnaval de rua foi cancelado porque não haveria tempo hábil para mudar de local e transferir a estrutura. “Nós temos que respeitar a decisão do Ministério Público.

A partir deste momento, a prefeitura não tem tempo hábil para montar a estrutura em outro local”, afirmou. Segurança Mesmo após o cancelamento do evento, a Polícia Militar (PM) está preparando ações para casos de aglomerações espontâneas durante o feriado, para que não haja risco para os moradores.

Isso porque, mesmo após o cancelamento do pré-carnaval do último domingo (24), muitas pessoas se reuniram perto do Estádio Willie Davids e houve confusão, reclamação de moradores e pessoas passando mal.

“Oficialmente não tem mais carnaval, mas vamos ver como vai ficar a movimentação de pessoas. E daí nós vamos planejar o policiamento para a movimentação das pessoas dentro da cidade de Maringá”, detalhou o comandante do PM, tenente-coronel Ademar Paschoal.

Relembre A princípio, a prefeitura queria contratar uma empresa particular para organizar os eventos de pré-carnaval e de carnaval, mas não houve interessadas. Já no primeiro dia de pré-carnaval, no último sábado (23), houve confusão no local da festa, e muita gente passou mal, inclusive menores de idade.

Após a Polícia Militar (PM) informar que não tinha como garantir a segurança dos foliões, o segundo dia do evento, que seria realizado no último domingo, foi cancelado.

Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

Fonte G1 PR.

Esta notícia teve 72 acessos até o momento..

 

  

      

 

 

    

 

 

 

       

Facebook

Visitantes Online

Temos 109 visitantes online

Contatos

(44) 9 9906-2604  Stéfani Aguiar (Colunista/ Vendedora)

R. Jácomo Valério, Centro Sabáudia-PR