Rádio Clube Sabáudia

Pai agride bebê de 40 dias e ainda queima com ferro quente o corpo da filha

Um caso revoltante aconteceu em Maringá contra uma bebê de apenas 40 dias de vida...

 

 Foi em uma casa localizada na Zona 7 que o pai de 27 anos agrediu a filha e a queimou com um ferro de passar roupa. Os pais da bebê levaram a filha na manhã desta quinta-feira (25) na Unidade de Pronto Atendimento, Upa da Zona Norte com tosse.

A vítima foi atendida pelo médico que imediatamente constatou a gravidade das lesões e decidiu transferir a criança para o Hospital Universitário com urgência. Levada de ambulância pela equipe do Samu, a bebê passou por um exame de raio x que diagnosticou uma fratura na clavícula. Além dessa lesão, a criança apresentava queimaduras no braço e no tórax, hematomas nas pálpebras e um possível trauma de crânio.

Depois de examinada pela equipe médica do H.U, a criança foi encaminhada para a UTI Pediátrica onde permanece internada em estado grave em coma induzido e respirando com ajuda de aparelhos.

A equipe do Conselho Tutelar de Maringá foi comunicada do caso e tratou na hora de comparecer no Hospital Universitário para ouvir os pais.

 Na tarde desta quinta-feira (25), os policiais civis Eduardo e Willian de Paula encaminharam para a Delegacia de Polícia os pais da criança. Leonardo Telmo Kunz de 27 anos foi autuado pelos crimes de lesão corporal grave e maus tratos. Já a mãe foi liberada após relatar que tinha saído e deixado sua filha com o marido para comprar alimentos no mercado, e que quando chegou em casa não percebeu nada de errado em sua filha.

O pai desesperado confessou para o repórter André Almenara que bateu forte na bebê porque a criança chorava muito. Sobre as queimaduras, Leonardo disse que usou o ferro quente para passar a roupa da criança que estava molhada. O detalhe que o pai usou o ferro com a roupa no corpinho da menina causando queimaduras.

Depois de tentar acalmar a filha, Leonardo ainda disse na entrevista que deu um tapa na cabeça da bebê e a colocou com força no berço para dormir. Para finalizar a entrevista, o pai ainda disse que nunca pensou em bater em sua filha, mas como é o primeiro filho, ficou desesperado com o choro da criança e resolveu bater. Leonardo Telmo Kunz ficou preso na 9ª SDP.

Fonte André Almenara.

 

 

Esta notícia teve 511 acessos até o momento..

       

 

 

     

 

 

 

       

Facebook

Visitantes Online

Temos 85 visitantes online

Contatos

(43) 9854-1383  Stéfani Aguiar (Colunista/ Vendedora)

R. Jácomo Valério, Centro Sabáudia-PR