Rádio Clube Sabáudia

 

Salário mínimo regional do Paraná será de até R$ 1.599,40

O salário mínimo regional do Paraná para 2020 vai variar de R$ R$ 1.383,80 a R$ 1.599,40 – reajuste de 5,86%.

O percentual foi aprovado nesta segunda-feira (13), em votação no Conselho Estadual do Trabalho. Pela primeira vez, em 2020, o reajuste do mínimo regional do estado vale desde o primeiro dia do ano – ou seja, o novo valor deverá ser pago na folha salarial de fevereiro.

Também pela primeira vez, o aumento ficou em 1,75 ponto percentual acima do reajuste nacional. Veja mais abaixo o valor. Categorias Na categoria dos trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca, o piso sobe para R$ 1.383,80.

Para o segundo grupo, no setor de serviços administrativos, serviços gerais, de reparação e manutenção e vendedores do comércio em lojas e mercados, o salário aumenta para R$ 1.436,60.

Esta categoria engloba também a classe de trabalhadores domésticos. No terceiro grupo, dos empregados na produção de bens e serviços industriais, o piso vai para R$ 1.487,20. Para o último grupo, na categoria de técnicos de nível médio, o piso passa a ser R$ 1.599,40.

O salário mínimo regional no Paraná foi implantado em 1º de maio de 2006. Desde a criação, o salário mínimo regional do estado, em suas categorias ocupacionais, sempre foi estabelecido em patamares superiores aos do salário mínimo nacional.

Piso paranaense

Historicamente, de acordo com o que determina a lei, o piso salarial paranaense é reajustado pelo mesmo percentual aplicado para o reajuste do Salário Mínimo Nacional, "baseado na variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior, com aplicação adicional, a título de ganho real, da variação real do Produto Interno Bruto (PIB) nacional observada dois anos antes".

Porém, o governo federal mudou este ano a política de cálculo e decidiu reajustar o salário mínimo apenas pela inflação – ou seja, sem aumento real –, a definição sobre o percentual paranaense foi objeto de votação no Conselho Estadual do Trabalho, órgão de conselho tripartite, que tem a participação de representantes do poder público, de empregados e empregadores.

Com isso, prevaleceu a proposta que mantém a somatória do PIB ao INPC para compor o valor final. Assim, o ganho real dos trabalhadores paranaenses chega a 1.38 ponto percentual.

Fonte G1 PR.

Esta notícia teve 202 acessos até o momento..

 

 

  

          

 

 

 

       

Facebook

Visitantes Online

Temos 77 visitantes online

Contatos

(44) 9 9906-2604  Stéfani Aguiar (Colunista/ Vendedora)

R. Jácomo Valério, Centro Sabáudia-PR